BARONS

BARONS

Onde está a expectativa com a Marvel?




Tá faltando mais propaganda d'Os Eternos?




MCU Expectativa

 

 

Um momento que parecia que nunca chegaria, acabou batendo à minha porta, logo após Vingadores: Ultimato, a exaustão.

Ultimato não foi o melhor filme do MCU, mas foi um final à altura de tudo que foi criado até então, ele foi o filme que ele precisava ser, e encerrou não só uma fase do universo Marvel (Fase 3, no caso), mas diria que encerrou todo o ciclo original. É como se estivéssemos falando de Dragon Ball Z, que foi dividido em saga do Freeza, Cell, e concluído com Majin Boo, os três fecharam a história principal, e por mais que façam mais coisa, ainda vai parecer que é como um novo inicio e não uma continuação.

Minha cabeça pós Ultimato

O ciclo foi encerrado. Após mais de 20 filmes, nunca ouve um fechamento tão claro na história, e não digo de pontas soltas ou ganchos para mais produções, mas como projeto mesmo. E esse “projeto” me satisfez muito, desde o inicio com a “Iniciativa Vingadores” até a derrota de Thanos, sendo o filme solo do Aranha (último da fase 3) uma espécie de pós créditos, ou uma forma de homenagem. 

Enfim, eu estava satisfeito com tudo que tinha sido apresentado, e inconscientemente considerei dever cumprido… história fechada… vida que segue… vamos deixar a Warner/DC tentar refazer a Liga da Justiça, e falar que o filme já existia e era o Snyder Cut… etc…

Como 2019 encerrou com os ciclos da Marvel e de Star Wars, com o fechamento dos cinemas em 2020, acabou que não senti falta de nenhum filme em especial – senti falta sim, de ir ao cinema, mas pelo conteúdo, a Netflix, Prime Video e cia, acabaram por preencher muito bem essa lacuna. 

Porém esses dias, com a noticia que o filme solo da Viúva Negra foi adiado para o meio de 2021, eu me toquei que 2020 se tornaria o primeiro ano desde 2009 sem filmes da Marvel, e mais pesado… desde 2017 temos 3 filmes do MCU por ano, quase sempre tão aguardados a ponto de garantir ingressos para a pré-estreia, e esse ano passará em branco. 

 

Fases do MCU

2020 nunca existiu, então 2021 é o ano da Marvel?

Apesar de todo o retrospecto, todas as sessões da meia-noite que eu fui, e o habito que já havia sido formado em ver a cada quatro meses uma estreia Marvel, já entrei em 2020 sem expectativa ou ansiedade para Marvel.

Refletindo sobre esse desinteresse quase que súbito, é que me toquei que aquilo que acompanhei pelos últimos 10, 12 anos havia encerrado, que é onde entra a analogia de DBZ, apesar de termos tidos 3 fases de filmes, ou seja, 3 histórias maiores envolvendo vários filmes (invasão Chitauri e formação dos Vingadores, Ultron e a queda da SHIELD, e por fim divisão dos Vingadores e o ataque de Thanos), o final da fase 3 funcionou como um fim de uma “era”, se formos classificar como uma coisa ainda maior.

O ponto é, em nenhum momento na última década tivemos um encerramento real, fomos sempre atiçados para um próximo filme, sempre deixaram uma ponta solta, uma pergunta sem resposta, um mistério no ar, e agora fechou, Ultimato durou 3 horas exatamente pra contar tudo que faltava ser contado e pronto. Minha impressão, claro.

Somando então a minha falta de expectativa, com a tristeza referente a morte do Chadwick Boseman (que para mim, tratando-se da morte de “ídolos” só não me abateu tanto quanto o falecimento do Chester Bennington do Linkin Park), e com o fato de eu estar a mais de um ano longe de qualquer game Marvel, posso dizer que o estúdio saiu totalmente dos meus pensamentos, a ponto até de influenciar o meu desejo de ver as séries da Disney+ estreando.

Além de tudo isso, esse hiato, ainda faz a gente pensar nos filmes que já vimos, e acaba pesando que boa parte dos filmes da Marvel, são os “filmes de contexto”, sabe aqueles que você assiste, se diverte, e depois não lembra mais de nada? Que servem como background dos heróis e vilões (para não fazer que nem a DC com a Liga da Justiça), e render uma graninha… Então, filmes como a da Viúva Negra, que não ser tão importante no contexto geral vai fazer eu ir ao cinema, vai me divertir, vou ficar comentando com amigos durante alguns dias, e depois será somente uma vaga lembrança na minha memoria.


Eu precisava compartilhar esse sentimento estranho que estou com essa mudança de ciclos da Marvel, porque é uma sensação que eu não esperava sentir, e que apareceu, e mesmo que uma notícia ou outra acabe dando uma pontinha de curiosidade, e embora sabendo que vou viciar nessa nova jornada que está para começar, a pandemia acabou fazendo com que a Marvel perdesse o controle sobre seus lançamentos e sobre as expectativas dos seu público, onde eu acabei sendo envolvido, e acho que só mudará quando os primeiros trailers de “Os Eternos” começarem a sair, até lá, a expectativa tá no rival, que fez bastante barulho no período com o “Liga da Justiça – Segunda Tentativa”.

E você, está com a expectativa lá em cima, ou é mais saudades do que já foi mesmo?


Tags do post:


0 Comentários

Deixe o seu comentário!