BARONS

BARONS

Amazon Prime Vídeo – Buscando a Netflix




Não é uma Netflix, mas merece uma oportunidade




amazon prime video_cartaz

Não preciso apresentar a Netflix para ninguém, muito menos falar sobre o seu tamanho e como ela revolucionou todo o mercado de mídia. Desses mais de 10 anos de streaming eles nunca tiveram reais concorrentes, vários serviços surgiram, mas sempre com nichos específicos ou nunca forte o suficiente para se manter, porém nos últimos anos além dos estúdios como Disney e Fox, começarem a criar seus próprios serviços de streaming, a gigante do atacado, Amazon, também criou sua própria plataforma, e como muita gente aqui no Brasil ainda não a conhece, vamos mostrar porque você deve (ou não) trocar a Netflix.

Correndo atrás do prejuízo

Falei que não ia falar da Netflix, mas vou sim, porque para explicar o momento da Amazon é necessário mostrar o que a Netflix fez de diferente, MAS se você quiser saber só da Amazon, CLIQUE AQUI, que te encaminho lá pra baixo. (desculpe!)

Em um ano, esse post foi totalmente modificado, já que a evolução do serviço da Amazon foi muito grande nesse período, porém, apesar de a Amazon ter um serviço de vídeo a mais de uma década, assim como a Netflix, nesse período o streaming nunca foi o grande foco deles, fazendo com que mais trocassem de nomes do que realmente evoluírem.

Já a Netflix só se tornou o que ela é hoje por conta da inovação, então ela foi a primeira a consolidar esse formato de pague mensal e assista tudo o que você quiser e conseguir, e também fazer grande acordos com estúdios e produtoras para poderem adicionar seus filmes ao catalogo. E isso numa época em que não existia uma exigência muito grande do público, nem sobre lançamentos e nem quantidade de títulos.

Quando isso começou a se tornar um problema, e já imaginando que ela teria uma forte concorrência pelos filmes mais novos, como já existia entre canais de TV, a Netflix começou a investir em produções próprias, já que existe todo um “ecossistema” na industria de vídeo, tendo que vender ingressos para o cinema, depois blu-rays, pra só então o filme ser vendido para canais de TV ou no caso, serviços de streaming, sendo assim, a única forma de colocar na plataforma um super-lançamento, seria se esse título fosse de produção própria.

A Amazon sabe da trajetória da concorrente e agora conhece o mercado, então aproveitando o seu dinheiro infinito, investiu em algumas produções originais, o problema é que como os usuários ainda não estão no serviço, ninguém conhece essas séries, a Netflix fez uma conversão, depois que já tinha uma audiência consolidada, eles apresentaram suas séries originais, enquanto a Amazon foi “obrigada” a pular esse passo, já que está correndo atrás do prejuízo.

E esse é hoje o principal motivo pelo qual a Amazon ainda não tão relevante no mundo do streaming.

Agora sim, Amazon, ter ou não ter…

A plataforma vem evoluindo muito, desde que eu assinei pela primeira vez na metade de 2017, quando começavam a lançar conteúdo legendado em PT/BR, mas ainda cobravam em dólares e boa parte do site e do app ainda estavam somente em inglês. Hoje o conteúdo está todo localizado e o pagamento pode ser realizado com cartões de crédito ou débito nacionais.

Um diferencial e um ex-diferencial

Um grande (e real) diferencial do serviço da Amazon, são as informações interativas durante os programas, chamada de X-Ray, ela exibe o nome do ator, personagem e ficha, tudo direto do banco de dados do IMDB, além de dados sobre música que está tocando no momento.
Todas essas informações você pode acessar em tempo real, durante a exibição das cenas. Recurso muito útil pra você nunca mais precisar quebrar a cabeça para descobrir de onde você conhece certa atriz, quem é o personagem que acabou de aparecer ou ficar com um trecho de uma música na cabeça sem saber o nome. (Só como observação, se o nome do personagem ainda não tiver sido revelado, aparecerá algo genérico, sem spoilers).

Amazon Prime X-Ray

Nome dos atores em cena e seus respectivos personagens, e se tivesse tocando uma música de fundo, estaria ali também

Outro diferencial forte da Amazon, ERA a sua parceria com a HBO, porém com a ascensão da HBO GO, o canal de GoT e Westworld retirou suas séries do serviço, então se você chegou agora, meus pêsames…

O Conteúdo

Quanto a conteúdo, a Amazon se parece muito com a Netflix pré-enxurrada de títulos originais, no quesito séries eles tem diversas opções, que apesar das mais famosas já terem sido encerradas, ainda valem pelo menos um mês de assinatura, com programas como ‘Mr. Robot’, ‘This is Us’, ‘House’, ‘Two and a half men’, ‘Seinfeld’, ‘Fear The Walking Dead’, ‘Community’, e a excelente ‘Preacher‘.

E assim como sua concorrente famosa, a Amazon vem criando séries importantes e que vem fazendo sucesso, tanto entre expectadores convencionais, como também de critica. Das dezenas de series originais, que envolvem todo tipo de assunto, estilo e até origem. O maior sucesso do momento é a comédia ‘The Marvelous Mrs. Maisel’ que ganhou quase tudo do gênero comédia no Emmy 2018, já ‘The Man in the High Castle’ é uma das mais antigas da casa e mostra como seria o mundo se o Eixo tivesse vencido a Segunda Guerra Mundial, das que eu recomendo, temos a divertida ‘Jean-Claude Van Johnson‘ e a maravilhosa ‘Deuses Americanos‘, que por si só já vale um mês de assinatura.

*Jean-Claude Van Johnson e Deuses Americanos já receberam review aqui…

Assim como no caso das séries, o catálogo de filmes é muito bom no quesito qualidade, mas os lançamentos são pontuais, alguns bons filmes são lançados lá numa velocidade impressionante, em relação ao tempo que saiu dos cinemas, mas assim como a Netflix, a quantidade desses lançamentos “relâmpago” é pequena, e mesmo os filmes que não saem tão depressa, mas são novos, também não são tantos, principalmente agora que os estúdios estão liberando cada vez menos seus materiais para serviços de streaming terceiros.

[ATUALIZADO EM SETEMBRO DE 2018]

Hoje, novos usuários tem direito a 7 dias free, e depois caso queiram continuar com o serviço, pagarão R$7,90 por mês. Depois de seis meses, a mensalidade passa para R$14,90 por mês. Podendo, assim como na Netflix, cancelar a qualquer momento.

John Wick 2_cartaz

Filmes novos são difíceis, mas tem filme que vale a pena ver de novo

Filmes mais novos e/ou interessantes:

-Extraordinário;
-John Wick 2;
-Valerian e a Cidade dos Mil Planetas;
-12 Heróis;
-Os Estranhos: Caçada Noturna;
-Os Guardiões (Os Vingadores Russos);
-A Cabana;
-Jigsaw;
Além de clássicos como ‘De Volta Para o Futuro’, ‘O Poderoso Chefão’, ‘O Resgate do Soldado Ryan’, ‘Django’, ‘Clube da Luta’, ‘Indiana Jones’… Enfim, falta do que assistir não será problema.

American Gods_Cartaz

Não é bem Amazon Originals, mas são eles quem bancam…

Séries mais novas e/ou interessantes:

-Tom Clancy’s Jack Ryan (Prime Original, com John Krasinski);
-The Marvelous Mrs. Maisel (Prime Original, vencedora de 8 Emmys em 2018);
-Deuses Americanos (Prime Original);
-Jean-Claude Van Johson (Prime Original);
-Preacher (3 temporadas);
-Mr. Robot (3 temporadas);
-The Office (USA 9 temporadas);
-This is Us;
-Parks and Recreation (7 Temporadas, com Aziz Ansari e Chris Pratt);
-Two and a half men (12 temporadas);
-Fear the Walking Dead (4 Temporadas);
-House (8 temporadas);
Além de ‘Heroes’, ‘Community’, ‘Bates Motel’, ‘CSI’, ‘Seinfeld’, ‘Gravity Falls’, ‘Mr. Bean’, e mais um monte de série que não são tão novas ou tão marcantes pra mim, mas que provavelmente você ama e ficaria full pistola por eu não ter mencionado.


Enfim, dinheiro não dá em arvore, e muitas vezes não existe a necessidade de estar sempre assinando um serviço desses, então caso você queira conhecer melhor o catalogo não só da Amazon como da própria Netflix e comparar qual tem o melhor custo beneficio pra você (Netflix mora no meu coração, mas está ficando caro demais), a melhor opção é o site Just Watch que te permite ver e comparar o acervo de vários serviços, sejam empresas de streaming como a Netflix, até locadoras/vendedores avulsos como a Google Play ou operadoras de TV como a Claro.
#FicaDica JustWatch


Tags do post:


0 Comentários

Deixe o seu comentário!